A importância de treinamento para alavancar a Equipe de Vendas

luva-para-alta-temperatura-existem-luvas-que-retem-600c-de-calor
Luva para Alta Temperatura:

Existem Luvas que retêm 600° C de calor?

5 de outubro de 2018
luva-anticorte-conheca-a-linha-protec
Luva Anticorte: Conheça a Linha Protec
5 de novembro de 2018
a-importancia-de-treinamento-para-alavancar-a-equipe-de-vendas

Os treinamentos e as ações de reciclagem profissional para os colaboradores de qualquer área são extremamente necessários, sobretudo para aqueles que atuam na área comercial.

Os treinamentos são especialmente benéficos para 2 públicos: Colaboradores e Clientes. É bom para os funcionários porque os capacita a atender bem, conhecer sobre a empresa em que trabalham e seus produtos. Para os clientes é excelente por ganharem atendimento diferenciado e produto/serviço de qualidade.

Neste post apresentamos a você outras informações sobre treinamento, desenvolvimento e reciclagem. Aproveite as dicas para saber como elevar os padrões de qualidade da sua equipe comercial e saiba como incentivá-los a buscar qualificação e conhecimento para vender melhor qualquer produto desde Luvas para Alta Temperatura a Serviços.

Treinamento é sinônimo de investimento

Treinar não se trata apenas de dotar uma pessoa de conhecimentos sobre a empresa para que ela seja capaz de realizar o trabalho de maneira eficaz, mas ensinar-lhe a fim de que empregue o aprendizado no ambiente corporativo e fora dele também. Todo novo colaborador tem uma formação genérica e precisa se adequar às particularidades da corporação; já o funcionário que está há algum tempo trabalhando para a organização precisa rever conceitos, mudar atitudes que não agreguem mais valor, conhecer as mudanças para lidar com a evolução da empresa e alcançar a própria qualificação.

Programas de formação, treinamento e desenvolvimento de pessoas devem ser realizados continuamente, pois se feitos apenas uma vez ou esporadicamente, em vez de motivar e propiciar conhecimento, desestimula toda a equipe de vendas.

Treinamentos têm o objetivo de desenvolver capacidades produtivas, criativas e inovadoras. Por isso, não devem ser encarados como gasto financeiro, mas como investimento. Todos sabem que a rotatividade de colaboradores é tão prejudicial para as empresas como a alternância de fornecedores. Ambos processos consomem tempo produtivo das organizações e aumentam os custos. Idalberto Chiavenato, estudioso da área de administração e gestão de pessoas, em uma de suas teorias diz que as empresas são compostas por inteligência, o que só as pessoas têm. Essa constatação nos demonstra o quanto é importante investir no conhecimento do colaborador para alavancar não só as vendas, mas para tornar o colaborador mais produtivo.

Treinar requer altos investimentos?

Para manter uma equipe bem preparada e treinada para as vendas não é preciso gastar quantias exorbitantes. Basta planejar o que é preciso transmitir e usar o tempo com sabedoria para não cansar quem está participando do treinamento, bem como preparar um material rico e que se enquadre à realidade das dificuldades que a equipe de vendas tem e precisa sanar.

Existem vários meios e ferramentas para aprimorar e treinar profissionais como, por exemplo, participação em eventos da área. Se a sua Revenda de EPIs precisa treinar um comprador sobre Luva Anticorte, uma boa saída é a participação em workshops e oficinas, pois o colaborador terá a oportunidade de fazer networking e conhecer profissionais que poderão ajudar em caso de dúvidas futuras. Feiras também são ótimos eventos para encontrar não apenas prospects, mas também parceiros e bons instrutores.

Outra forma de reciclar o conhecimento da equipe é incentivar a ler blogues, livros, formar grupos para enviá-los a treinamentos conjuntos ou dependendo do tamanho da empresa, levar palestrantes e especialistas para ministrarem cursos, workshops, seminários, convenções etc nas instalações da organização.

Outra dica que surte resultados, é utilizar o conhecimento de um colaborador para que este transmita aos demais o que sabe. O Engenheiro ou o Técnico de Segurança do Trabalho podem ministrar cursos e palestras para os demais funcionários. As empresas podem criar uma política de aperfeiçoamento interno em que cada departamento crie cursos e/ou informativos interessantes para todas as áreas da companhia.

Outra dica importante é criar uma Central de Sugestões, onde os próprios Colaboradores podem sugerir os treinamentos/atualizações que acreditam precisar!

Finalizando

Investir no capital intelectual da empresa é extremamente necessário para o próprio desenvolvimento da companhia e para o aumento das vendas. Um colaborador bem preparado é capaz de encantar o cliente e passar-lhe mais segurança sobre a empresa em que trabalha.

Os treinamentos são utilizados no desenvolvimento profissional e tem a finalidade de ampliar a aprendizagem e as habilidades ou expandir as que já existem. Por esse motivo, devem ser realizados a fim de capacitar as equipes para serem administradoras de suas carreiras e de seu crescimento profissional.

Para treinar as equipes não é necessário gastar muito ou realizar grandes eventos, pois o principal objetivo é abastecer o colaborador de conhecimento. Para tanto, é necessário que o tema seja esclarecedor, que as situações apresentadas estejam relacionadas com as dúvidas dos colaboradores. É preciso manter a frequência.

Os colaboradores não devem esperar que seus gestores indiquem a necessidade de adquirir conhecimento. Existem muitos materiais ricos de informações na internet, disponíveis e gratuitos. Livros podem ser discutidos entre os colegas de trabalho, cursos on-line, palestras e outros meios de reciclagem estão acessíveis para todos.

Esperamos que esse post tenha esclarecido qualquer dúvida e ajude você a obter conhecimento, bem como incentivar sua equipe a buscar treinamento.

Até a próxima dica!

Equipe GAMILUVA

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *